Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Palavras de Areia

Partilha de sentires, emoções, aferições, estados de alma e coisas banais. Pequenas histórias de ontem, de hoje e que se sonham para o amanhã.

Palavras de Areia

Partilha de sentires, emoções, aferições, estados de alma e coisas banais. Pequenas histórias de ontem, de hoje e que se sonham para o amanhã.

Maresia em 04.07.18

Esta história não é minha

São milhares as estrelas no céu a dourar o meu caminho, mas há dias que marcam a alma e a vida da gente e nem um céu estrelado nos faz brilhar. Sinto um enorme vazio, resta-me arranjar a (...)
Maresia em 30.06.18

Bom dia, Sol

O sol pediu à nuvem Licença para passar. A nuvem desajeitada, Levou tempo a desviar. Luísa, ali fechada, Sem o sol para a brindar, Sem os seus raios de luz, Ficou no escuro a chorar. Mas a (...)
Maresia em 06.05.18

Os meus Super-heróis

A analogia às fadas até poderia soar melhor, mas são três rapazes, três super-heróis fantásticos. E como eles próprios são fãs destas criaturas marvelescas e DC cómicas, aqui vai... O (...)
Maresia em 19.03.18

Dia dos Pais

Os pais, tive dois. Tive colo e abraços, mas não houve tempo para mais amassos. Nem mais beijos e laços, nem para birras e brigas, nem para que vos diga: - Gosto de ti, pai! Dos dois, sem intriga.  
Maresia em 04.07.18

Pôr do sol

Respirar fundo e deixar entrar o ar, a paz e o que de mais belo e simples existe naquilo que nos rodeia.O dia pode ser matreiro, barulhento e inconveniente, mas o pôr do sol é sempre (...)
Maresia em 15.05.18

Família

Família! A família é a minha raíz, aquela que me gerou, que me deu a mão para me ensinar a caminhar sozinha. Os de coração são impressões digitais na minha vida, na minha alma. Aqueles (...)
Maresia em 18.04.18

Boa Nova

Escreve-me as novas. Conta-me o quão feliz te sentes, que quão gigante te sentes perante o fim da guerra. Ganhaste! E como não?!  Mesmo quando o teu coração se sentiu pequeno e esmagado (...)
Maresia em 21.03.18

Poesia

Canto da alma, sussuro melodioso, dança de palavras, rodopio de borboletas. Hipérbole, metáfora. Perífrase, eufemismo. Aconchego de sentimentos, Casa de sonhos, de vida.   Mundo mágico só meu,
Maresia em 12.03.18

Poema da chuva

Há dias de aperto no peito, de lágrima fácil, Dias cinzentos, de nuvens pesadas. Dias em que as portas de fuga se fecham, De claustrofobia e correntes.   Poemas de chuva, Canções de sombras, Assob (...)